Foto: Divulgação 1ª DP de Montenegro

O setor de investigação da 1ª Delegacia de Polícia de Montenegro, com apoio da DP de Três Passos, cumpriu nesta terça-feira mandado de busca e apreensão na Penitenciária Modulada de Montenegro, durante a operação Combate II, contra o tráfico de drogas. A ação resultou no cumprimento de sete prisões preventivas, sendo duas dentro da casa prisional da localidade de Pesqueiro. Em uma cela, foram apreendidos celulares e diversos cadernos com anotações pertinentes ao tráfico.

“Esses presos que estavam aqui tinham relação com o tráfico de drogas de Três Passos. Nas anotações, tinha movimentação de mais de R$ 30.000,00”, comenta o chefe do setor de investigação da 1ª DP de Montenegro, Alisson Castilhos. Ele explica que, apesar de já estarem na Modulada, a prisão em flagrante tem reflexos na concessão de progressão de regime e pode, inclusive, impedir que sejam colocados em liberdade.

A operação ainda está em andamento e não foi feita contabilização final. As delegacias de polícia de Montenegro e de Três Passos já vinham realizando troca de informações, sendo realizadas prisões em ambas cidades graças a essa ação e subsídios para investigações em andamento.

A segunda fase da operação Combate, além de em Montenegro e Três Passos, também é feita nos municípios de Miraguaí, Redentora e Campo Novo. A ofensiva da Polícia Civil conta o apoio da Brigada Militar e da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), e tem como objetivo enfrentar o tráfico de drogas e roubo. Já foram cumpridos oito mandados de prisão e oito de busca e apreensão, além de seis pessoas presas, uma moto e munições apreendidas.

Deixe seu comentário