Delegado da 1ª DP de Montenegro, Eduardo Coutinho

O motorista, até o momento identificado como  Marcelo Roxo, foi identificado por um amigo da família no IML de Porto Alegre. O corpo do rapaz foi encontrado em um matagal , ontem à tarde na localidade de Santo Reis.

Segundo registro na DPPA de Montenegro, ele teria trabalhado na madrugada de sábado como motorista do Uber, placas IRK 7438, e o último contato com a família teria sido no domingo pela manhã por volta das 8h.  No corpo havia uma perfuração nas costas, próxima ao pescoço, mas sem saída de projétil de arma de fogo, e também um corte no rosto. Segundo fontes ligadas à Polícia, Marcelo mora na região metropolitana de Porto Alegre e teria feito uma corrida para Maratá. A Polícia trabalha com a hipótese de latrocínio.

O caso já está nas mãos do delegado Eduardo Coutinho, que esteve hoje cedo na DPPA e se limitou ao passar mais informações. “Tudo que a imprensa sabe, é o que eu sei no momento”, disse Coutinho.

 

Compartilhar

Deixe seu comentário