O Ministério da Educação divulgou a data de realização do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), 2017. De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial, a prova será aplicada no dia 26 de novembro de 2017, com início às 13h30 (treze horas e trinta minutos) do horário oficial de Brasília.

O exame avalia o rendimento dos alunos em relação aos conteúdos e competências adquiridas durante a graduação. “O exame é obrigatório e a situação de regularidade do estudante no Exame deve constar em seu histórico escolar. A primeira aplicação do Enade ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento”, informa o Inep, responsável pela aplicação.

A responsabilidade sobre a inscrição dos alunos é dos dirigentes das instituições de ensino superior. Estudantes ingressantes nos cursos relacionados, que tenham de zero a vinte e cinco por cento da carga horária mínima do currículo do curso cumprida até o final das inscrições do Enade, devem realizar a prova. Também são obrigados a participar do exame, alunos concluintes, que tenham expectativa de concluir o curso julho de 2018 ou que tenham cumprido oitenta por cento ou mais da carga horária mínima do currículo do curso até o final das inscrições do Enade 2017.

Cursos que devem fazer o Enade em 2017:

Bacharel nas áreas de:
a) Arquitetura e Urbanismo;
b) Engenharia Ambiental;
c) Engenharia Civil;
d) Engenharia de Alimentos;
e) Engenharia de Computação;
f) Engenharia de Controle e Automação;
g) Engenharia de Produção;
h) Engenharia Elétrica;
i) Engenharia Florestal;
j) Engenharia Mecânica;
k) Engenharia Química;
l) Engenharia; e
m) Sistema de Informação.

Bacharel ou licenciatura nas áreas de:
a) Ciência da Computação;
b) Ciências Biológicas;
c) Ciências Sociais;
d) Filosofia;
e) Física;
f) Geografia;
g) História;
h) Letras – Português;
i) Matemática; e
j) Química.

Licenciatura nas áreas de:
a) Artes Visuais;
b) Educação Física;
c) Letras – Português e Espanhol;
d) Letras – Português e Inglês;
e) Letras – Inglês;
f) Música; e
g) Pedagogia.

Tecnólogo nas áreas de:
a) Análise e Desenvolvimento de Sistemas;
b) Gestão da Produção Industrial;
c) Redes de Computadores; e
d) Gestão da Tecnologia da Informação.

Deixe seu comentário