Trecho de 13 quilômetros ligará municípios de São Sebastião do Caí e São José do Hortêncio Foto: Divulgação/Daer

As obras de pavimentação da VRS-874 estão em andamento, são 13 quilômetros e abrange os municípios São Sebastião do Caí e São José do Hortêncio. Executados pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem, autarquia vinculada à Secretaria Estadual dos Transportes, têm investimento de R$ 11,9 milhões, financiados pelo Banco Mundial (Bird). A etapa de terraplenagem está praticamente finalizada em todo o trecho e a implantação da base e da sub-base asfáltica já iniciou. “O Daer empreendeu todos os esforços para a retomada dessa obra, atendendo a todas as exigências técnicas e financeiras para que a comunidade, em breve, usufrua dessa conquista”, afirmou o diretor-geral da autarquia, Rogério Uberti.

Para os mais de quatro mil habitantes de São José do Hortêncio, o asfaltamento da VRS-874 facilitará o acesso a serviços que não são oferecidos na cidade. “Somos emancipados de São Sebastião do Caí, então, ainda é necessário nos deslocarmos até nosso município-mãe para irmos ao tabelionato, ao cartório e a determinadas agências bancárias”, salienta o prefeito Egídio João Grohmann. “Estamos confiantes na conclusão dessa obra que tanto aguardamos, pois ela tem evoluído bastante”, comemora.

A pavimentação também é um desejo antigo dos agricultores do município, que escoam a produção de hortigranjeiros para a Ceasa, em Porto Alegre. É o caso de Jaime Reis, 59 anos, que preside a Associação dos Moradores da localidade de Arroio Bonito. Anualmente, ele fornece duas mil caixas de frutas e aipim para a central de distribuição e acredita que os custos do transporte devem diminuir após a conclusão da obra. “O valor do frete vai cair e ficará mais fácil para os caminhões chegarem até a propriedade”, afirma.

No outro extremo da rodovia, o otimismo maior vem do comércio. A expectativa da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de São Sebastião do Caí é de que o acesso asfáltico gere um aumento nas vendas de, no mínimo, 10% nos estabelecimentos locais. “Nossa cidade é um polo regional muito forte, mas estamos perdendo consumidores para outros municípios”, destaca a presidente da entidade, Renata Schäffer. “Com essa estrada pronta, passaremos a receber mais visitantes não apenas de São José do Hortêncio, como também de Ivoti, Presidente Lucena e Dois Irmãos, por exemplo.”

Deixe seu comentário