Chegam às lojas já neste ano as primeiras peças sustentáveis de LEGO, desenvolvidas a partir de uma matéria-prima ecologicamente correta e bastante familiar: a cana-de-açúcar brasileira. A medida substitui o uso do plástico derivado do petróleo e com grande impacto ambiental.

Desde 2015, a marca vem trabalhando a ideia de ser sustentável. O objetivo é que e a nova matéria-prima esteja em todas as peças até 2030. No início, apenas peças referentes a elementos da natureza, como arbustos e árvores.

A Lego garante que os brinquedos feitos com ele foram testados exaustivamente a fim de que os padrões de qualidade e segurança fossem atendidos com êxito. “As crianças e os pais não irão notar qualquer diferença na qualidade ou aparência dos novos elementos, porque o polietileno obtido de plantas tem as mesmas propriedades que o convencional”, afirma Tim Brooks, vice-presidente de Responsabilidade Ambiental no Grupo Lego, em um comunicado à imprensa.

Deixe seu comentário