EX-PREFEITO Luiz Américo Aldana

Por três votos a zero, a 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado acaba de rejeitar o recurso pelo qual o ex-prefeito de Montenegro, Luiz Américo Aldana, pretendia anular o processo que culminou com a cassação de seu mandato, pela Câmara de Vereadores, em 14 de setembro do ano passado.

Contudo, os desembargadores acataram o pedido para que fosse anulada punição de suspensão dos direitos políticos dele pelo período de oito anos.

Na prática, significa que o ex-prefeito não volta ao cargo, mas pode concorrer, por exemplo, a deputado nas eleições de outubro. A decisão vale até o julgamento do mérito da ação, cuja data não está definida.

Deixe seu comentário