O Horário de Verão termina às 00h desde domingo (18). Brasileiros das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão atrasar seu relógio em uma hora. Com isso, os ponteiros do relógio tornarão a marcar 23h de sábado (17). O horário entrou em vigor desde 15 de outubro e que tem como finalidade reduzir o consumo de energia elétrica entre 18h e 21h.

À 00h00min de domingo, os relógios devem ser atrasados em uma hora

O Horário de Verão foi utilizado pela primeira vez em 1931. Depois, em outros anos, houve a mudança, mas sem regularidade. Em 2008 ganhou caráter permanente e passou a vigorar do terceiro domingo de outubro até o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte.

Em 2017 o governo federal chegou a avaliar o fim da medida, após o Ministério de Minas e Energia indicar que o programa não vem reduzindo, efetivamente, o consumo de energia elétrica. A análise mostrou que a intensidade de consumo de energia elétrica estava mais ligada à temperatura do que ao horário, com picos nas horas mais quentes do dia.

A partir disso, o presidente Michel Temer editou um decreto que reduz a duração do Horário de Verão. Com isso, ele inicia em 4 de novembro, um fim de semana após o segundo turno das eleições, e terminará em 16 de fevereiro de 2019. O período ficou reduzido em duas semanas, se comparado aos anos anteriores.

Deixe seu comentário