O Hospital Montenegro pagou nesta quinta-feira a parcela pendente dos valores devidos aos médicos, referente ao mês de outubro do ano passado. Através de nota enviada a imprensa, a direção da casa de saúde afirma que o pagamento foi possível porque o governo do Estado repassou o valor de R$ 290.960,65, correspondente ao saldo dos incentivos federais de novembro.

Na nota, assinada pelo gerente administrativo Felipe Leser e o diretor técnico Fabrício Fonseca, a direção lamenta que “decisões precipitadas tenham provocado prejuízo à população”. Com o pagamento, a paralisação dos médicos cirurgiões foi suspensa e os profissionais voltam a atender normalmente. Antes disso, eles haviam decidido atender somente consultas e cirurgias já agendadas.

Conforme já havia sido divulgado pela instituição, o atraso ocorreu devido a falta de repasses do governo estadual, razão pela qual apenas 65% do valor de outubro havia sido pago. A dívida do Estado com o HM chegava a R$ 3.945.060,65. O repasse feito ontem se refere ao saldo de 20% do incentivo federal de novembro. Estão pendentes os incentivos estaduais de outubro e novembro, R$ 3.654.100,00.

Deixe seu comentário