O presidente Michel Temer se pronunciou há pouco em rede nacional sobre a greve dos motoristas. Em um discurso rápido, Temer afirmou que irá convocar as forças armadas para desbloquear as estradas e solicitou que os governadores tomem medida semelhante. “Nós não vamos permitir que a população fique sem os gêneros de primeira necessidade”, afirmou.

O presidente afirma que o governo está exercendo sua autoridade. “Ontem, como todos sabem, chegamos a acordos com as lideranças nacionais”. O presidente ainda afirmou que foram atendidas cerca de 12 reivindicações dos grevistas e os caminhoneiros se comprometeram em encerrar a greve. “Infelizmente, uma minoria radical manteve bloqueadas estradas. Vamos implantar o plano de segurança para superar os graves efeitos do desabastecimento”.

Compartilhar

Deixe seu comentário