Primeiro evento do Núcleo de Jovens Empreendedores, que ocorreu em tom descontraído, debateu sobre futurismo. foto: Divulgação/ACI

Ruptura. Grupo de empresários aposta alto na transformação do mundo

Com a casa cheia e num clima descontraído — era possível até pegar uma Bud no freezer e sentar nas mesas de bar —, o Núcleo de Jovens Empreendedores da ACI Montenegro/Pareci Novo inaugurou sua agenda de eventos. Prestigiada pelo presidente Karl Kindel, a primeira atividade do grupo, no dia 26, inovou a pauta do associativismo montenegrino ao debruçar-se sobre futurismo e experiências transformadoras em que a tecnologia e a economia compartilhada têm papel de destaque.

À frente do encontro esteve o palestrante Felipe Menezes. Professor universitário, mentor de startups e integrante da WTF School — instituição que se define como “escola de experiências desafiadoras e inspiradoras para mudar o mundo com sabedoria, tecnologia e visão de futuro” —, o especialista apresentou ao público uma introdução ao futurismo. “Ele compartilhou descobertas focadas em assuntos emergentes com o propósito de gerar reflexões para o futuro. A palestra inspirou os integrantes do núcleo e da diretoria da ACI a buscarem algo novo, criando conexões entre diferentes pontos de vista”, resume Leonardo Oliveira, conselheiro de núcleos da ACI.

Romper paradigmas exige não apenas reflexão, mas também ações práticas e, nesta perspectiva, a reunião permitiu que os participantes fossem a um freezer, escolhessem a bebida e colocassem o valor correspondente na caixinha da confiança. O valor arrecadado será investido pelo núcleo quando forem organizadas novas atividades.

Deixe seu comentário