Em 2018, já são 34 focos do mosquito transmissor da Dengue na cidade, contra nove em todo o ano passado. foto: ACOM/SMS

Multiplicação de focos do mosquito coloca os órgãos públicos em alerta

Montenegro foi apresentada ao 34º foco do mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela em 2018. Desde a manhã desta segunda-feira, a secretaria municipal de Saúde coordena uma força-tarefa nos bairros atingidos, em busca da conscientização e identificação de locais passiveis de proliferação do Aedes Aegypti.

Nos trabalhos da ação, os agentes de saúde encontraram dois novos focos do mosquito no bairro Timbaúva. Com isso, a secretária municipal de Saúde, Ana Maria Rodrigues, informa que o bairro receberá uma varredura durante a semana. “Até sexta-feira, vamos intensificar a força-tarefa em todo o bairro Timbaúva, incluindo, também, parte do bairro Senai. Estamos reforçando a equipe de agentes no local, e contamos com o apoio de moradores”, comenta a responsável pela pasta de saúde.

O número de focos ultrapassa em muito os nove encontrados em todo o ano de 2017, o que gera preocupação. A SMS ressalta que é fundamental o envolvimento da comunidade em colaborar com os agentes da força-tarefa, além de manter cuidados em cada casa, eliminando locais passíveis de proliferação.

A força-tarefa tem envolvimento direto da Vigilância Sanitária e conta com apoio de diversos outros setores. Além da varredura no bairro Timbaúva, os bairros Centenário, Municipal, Rui Barbosa e Senai também recebem visitas de profissionais da saúde e agentes comunitários. Segundo a SMS, o bairro Progresso também foi alvo de uma varredura. É importante ressaltar que qualquer agente comunitário e, também, os profissionais de saúde envolvidos na força tarefa, estão devidamente identificados com crachás e vestimentas. Em caso de denúncias, a população pode entrar em contato com a Vigilância pelo telefone 3632-1113.

Deixe seu comentário