Estudantes que estão inadimplentes com o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) poderão renegociar as dívidas com a Caixa Econômica Federal a partir de agosto. Conforme o Ministério da Educação (MEC) informou, 453 mil estudantes devem ao todo R$ 10 bilhões ao fundo e poderão ser beneficiados com a medida.

A renegociação já estava prevista no Novo Fies, mas dependia de outra lei sobre os fundos constitucionais de financiamento, que foi sancionada pelo presidente da República, Michel Temer, neste mês. Até o início do segundo semestre, o Comitê Gestor do Fies divulgará as regras para os que desejam fazer o refinanciamento.

De acordo com o MEC, a permissão de renegociar os débitos “é mais um importante passo para dar sustentabilidade ao Fies e fortalecer o fundo estudantil”, que atualmente tem 2,7 milhões de contratos.

Deixe seu comentário