As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, na Página do Participante

Estudantes do último ano do Ensino Médio da rede pública terão gratuidade automática ao se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) adotaram a nova regra devido à mudança de formato do pedido de isenção, que começou neste ano.

Para os estudantes contemplados, não será gerada uma guia de recolhimento da união. Ela será paga apenas pelos candidatos que tiveram a isenção da taxa reprovada pelo Inep e pelos que não tinham direito à isenção e estão acessando o sistema pela primeira vez.

Até o ano passado, o pedido de isenção da taxa de inscrição no Enem era feito com a inscrição, mas a partir deste ano quem tem direito à gratuidade teve que fazer a solicitação no mês passado. O período de inscrições começou na última segunda-feira, 7, e vai até às 23h59 do dia 18 de maio. Todos os interessados em fazer o exame devem se inscrever, mesmo os que já conseguiram a isenção. O prazo para pagamento da taxa, no valor de R$ 82, termina em 23 de maio. As provas serão em 4 e 11 de novembro.

As inscrições são feitas só pela internet, na Página do Participante, no portal do Inep. Para isso, o participante deve apresentar o CPF, a identidade e criar uma senha. O número gerado e a senha cadastrada deverão ser anotados em local seguro, pois serão solicitados para acompanhar a inscrição na Página do Participante. Esses dados também serão usados para consulta do Cartão de Confirmação da inscrição e para a obtenção dos dados individuais dos candidatos.

Compartilhar

Deixe seu comentário