Prova deste domingo, realizada em Montenegro, teve um adversário a mais para os participantes: a chuva

Estadual. Pilotos de Ivoti e Porto Alegre, respectivamente, fizeram a festa

A chuva afastou o público e atrapalhou a vida de muitos pilotos neste domingo, em Montenegro, durante a segunda etapa do Campeonato Gaúcho de Drift Trike. No entanto, o mau tempo não impediu que os competidores Guilherme Zapalai, de Ivoti, e Leonardo Fontana, de Porto Alegre, brilhassem em solo montenegrino. Zapalai conquistou a vitória na categoria Slide, enquanto que Fontana venceu a categoria Speed.

: curva, chuva, pilotos, drift trike, carrinho
Pista molhada obrigou os pilotos a diminuir a velocidade nas curvas

A etapa deste domingo reuniu um número de pilotos bem menor do que o esperado. Porém, quem desceu as lombas das ruas Simões Lopes Neto e Flores da Cunha, fez bonito. A pista molhada proporcionou muitas manobras – algumas até arriscadas. A velocidade aumentou, e os pilotos precisaram segurar o ímpeto nas curvas para não ocasionar nenhuma queda de maior perigo.

Vencedor da prova na categoria Slide, Guilherme Zapalai afirma que prefere andar quando o clima está chuvoso. “Em uma pista molhada, você precisa usar outra estratégia. Tem que murchar os pneus e dar uma segurada na velocidade. Eu gosto muito de andar na chuva. O esporte está crescendo”, destaca o piloto de Ivoti.

Antes de conquistar a vitória na etapa pela categoria Speed, o porto-alegrense Leonardo Fontana frisou que a pista molhada diminui o rendimento dos pilotos. “A galera não consegue ter um rendimento tão bom quando chove. O carrinho desliza bastante na frente”, explicou. “Para manobra, a pista molhada é melhor, mas para o speed, não”, complementou André Pinto, de Sapucaia do Sul.

Os pilotos Vavá e Maico Tartarugas também se destacaram na etapa montenegrina e ficaram nas primeiras colocações das duas categorias. Um dos organizadores da prova, Jaime Büttenbender falou sobre a condição da pista. “Para a nossa pista, a chuva é boa, porque os carrinhos deslizam mais. Quando está seca, a pista de Montenegro é bem mediana”, frisou.

Deixe seu comentário