Messi desperdiçou pênalti e viu Argentina apenas empatar com a Islândia. Foto: Divulgação/Fifa

Os apaixonados pelo futebol acompanharam neste sábado (16) um dia cheio de jogos da primeira rodada da Copa do Mundo na Rússia. O terceiro dia de partidas foi o mais intenso até agora. A bola começou a rolar às 7h, com o duelo entre França e Austrália e seguiu até o anoitecer, quando terminou o duelo entre Croácia e Nigéria. A rodada com partidas válidas pelos grupos C e D teve polêmicas e participação importante do árbitro de vídeo, o VAR (na sigla em inglês). No domingo (17) ocorre a estreia do Brasil, às 15h, contra a Suíça. Confira um pouco sobre os duelos deste sábado:

França 2 x 1 Austrália
Num duelo complicado pelo grupo C, a França abriu o placar aos 13 minutos da segunda etapa em cobrança de pênalti convertida por Griezmann. O detalhe é que a penalidade só foi marcada após interferência do árbitro de vídeo, a primeira na história das Copas. Porém, a vantagem francesa durou pouco. Aos 17 minutos, Mile Jedinak empatou, também de pênalti. A vitória da França só foi confirmada aos 35 minutos. E foi um belo gol. Após boa troca de passes com Mbapoé e Giroud, Pogba mandou de cobertura e fechou o placar.

Peru 0 x 1 Dinamarca
No outro jogo do grupo C, a Dinamarca levou a melhor sobre o Peru. Na partida, o VAR também também teve participação ao ser utilizado para que fosse marcada um pênalti para o Peru nos minutos finais de primeira etapa. Porém, na cobrança, Cueva desperdiçou. A chance perdida custou caro, já que aos 14 da etapa complementar Yussuf Poulsen, num rápido contra-ataque puxado por Eriksen, marcou para a Dinamarca e garantiu os três pontos para sua seleção.

Argentina 1 x 1 Islândia
Estreiando em Copas do Mundo, a Islândia tinha logo pela frente uma das melhores seleções do mundo em duelo do grupo D: a Argentina. Porém, a equipe que foi sensação na Euro 2016 mostrou mais uma vez sua capacidade de superação e empatou com os argentinos. O time de Jorge Sampaoli saiu na frente com um gol logo aos 19 minutos. Sergio Agüero dominou a bola na área, girou sobre a defesa e soltou a bomba para estufar a rede do goleiro Halldórsson. A vantagem não durou muito tempo. Aos 23 minutos, Finnbogason ficou com a sobra após cruzamento na área da Argentina e tocou para o fundo do gol. Na segunda etapa, Messi teve num pênalti a grande chance de colocar os argentinos novamente na frente, mas parou nas mãos de Halldórsson. Os argentinos pressionaram – e também reclamaram de dois pênaltis não assinalados -, mas não conseguiram mudar o placar.

Croácia 2 x 0 Nigéria
No outro jogo do grupo D, a Croácia aplicou sobre a Nigéria o placar mais elástico do dia: 2 a 0. Os croatas saíram na frente com um gol contra de Etebo, que mandou contra o próprio patrimônio após Mandzukic desviar cruzamento aos 32 minutos da primeira etapa. Já o segundo tento foi marcado quando Mandzukic sofreu pênalti aos 25 minutos do segundo tempo. Na cobrança, Luka Modric não desperdiçou.

Jogos de domingo
9h – Costa Rica x Sérvia
12h – Alemanha x México
15h – Brasil x Suíça

Deixe seu comentário