Grande parte do comércio da cidade está localizada na rua Irmãos Brochier. CRÉDITO: Larissa Vargas

Os comerciantes de Brochier realizarão um protesto na tarde desta quinta-feira. A ideia é que as lojas fechem suas portas das 14h às 16h. Conforme Alerson Silva, um dos organizadores da manifestação, cerca de 80% do comércio brochiense deve fechar. A motivação é o descontentamento com a situação na qual se encontra o país. Durante as duas horas, os manifestantes estarão reunidos em frente ao Mercado Pilger, na rua Irmãos Brochier.

Em Brochier, caminhoneiros estão protestando na Reta Grande, na ERS-411, desde a madrugada. No trecho é permitida apenas a passagem de veículos de emergência e de passeio. Um dos manifestantes, Rodrigo Haupenthal diz que participam do movimento na rodovia caminhoneiros e produtores rurais de Brochier e Maratá. “Está mais do que na hora de mudar, então resolvermos apoiar o movimento também. Do jeito que está não dá mais”, declarou.

Deixe seu comentário