Começou há pouco o julgamento que decide se o ex-prefeito de Montenegro, Luiz Américo Alves Aldana, volta ao cargo. Aldana teve seu mandato cassado em 14 de setembro de 2017. Hoje, a 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado avalia um recurso pela anulação do processo.

O advogado de defesa, Vanir de Mattos, apresentou 15 arguições de nulidade do processo e, nesse momento, faz a sustentação oral dos argumentos. Em primeiro grau, no Fórum de Montenegro, o pedido para que Aldana retornasse ao cargo antes do julgamento final do processo foi indeferido. Hoje, será avaliado um agravo de instrumento para reformar esta decisão.

Aldana não compareceu ao julgamento.

Deixe seu comentário