Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O resgate da centelha da infância na vida adulta é o tema central do espetáculo teatral As Cinco Pontas de Uma Estrela Torta, que será apresentado gratuitamente em São Sebastião do Caí na próxima segunda-feira, dia 27 de novembro, às 20h, no Centro de Cultura (Rua Pinheiro Machado, 600), por meio de uma parceria com a Prefeitura do município.

A ação faz parte do Projeto de Circulação financiado pelo “Prêmio IEACen Teatro – Pró Cultura RS FAC(Fundo de Apoio a Cultura) 2017”, da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul, que prevê a realização da peça hamburguense de forma gratuita para o público em sete municípios gaúchos. A peça já foi apresentada em Sapiranga, Dois Irmãos, Tupandi, Canoas, Caxias do Sul e Estrela.

Foto: Divulgação

Reflexão
Com texto original do dramaturgo e diretor Maurício Fülber, a peça propõe uma reflexão acerca da condição humana na atualidade, fundamentada em conceitos científicos e filosóficos. “Nossa historia transita em temas como condicionamento social, criatividade artística, existencialismo cósmico, liberdade individual e projeção do amor romântico que, juntas, culminam em uma reflexão sobre o reencontro com a nossa criança interior”, explica Fülber.

Foto: Divulgação

Encenado pela primeira vez em 2014, As Cinco Pontas de Uma Estrela Torta é um espetáculo poéticoconstruído a partir de um ambiente representativo do inconsciente da protagonista, Savine, em três fases de sua vida: a infância, a adolescência e a maturidade. Aos 10 anos, acompanhada de seu amigo imaginário e ursinho de pelúcia, Dante, vê todos os seus sonhos ganharem força enquanto conversa sobre ciência e filosofia antes de ir dormir. Aos 17 anos, vive seu primeiro amor com um rapaz que a instiga a criar histórias mágicas de mundos impossíveis. Chegando aos 29, se depara com as insatisfações e amarguras de suas escolhas pessoais e profissionais, decantando seu lado mais sombrio no palco.

Foto: Divulgação

Ficha Técnica
Texto e Direção: Maurício Fülber
Cenografia, Figurinos e Identidade Visual: Vergílio Lopes
Criação de Luz: Casemiro Azevedo
Trilha Original: Maurício Fülber e Fábio de Pádua
Elenco: Ana Spohr, Bruna Johann, Juliano Rangel e Martha Brito
Produção: Maurício Fülber, Juliano Rangel, ClaudirFülber e Odete A. Banaletti
Confecção de Figurinos: Odete A. Banaletti
Duração: 50min
Classificação Indicativa: 12 anos
Financiamento: Pró Cultura RS FAC(Fundo de Apoio a Cultura) – Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer
Apoio: Xícara de Tinta – Márcio Fülber e Bando – Associação Casa da Praça

Deixe seu comentário