Secretária de Saúde, Gisele Schreiner (E), e Thuani convidam população para participar do evento

A Secretaria Municipal da Saúde realiza amanhã o Dia D contra o mosquito da família Aedes e da raiva. As atividades acontecem na Praça Dora Lydia Brocker, das 9h30min às 12h30min. De acordo com a fiscal sanitarista e de meio ambiente do município, Thuani Flores, serão distribuídos folders explicativos sobre o Aedes aegypti e como combater a sua proliferação, bem como sobre a raiva. Haverá ainda a distribuição de lixeiras para carros, exposição de banners e até mesmo uma paródia sobre o Aedes será apresentada.

Conforme Thuani, Maratá não é infestado pelo Aedes aegypti, mas há no município um mosquito “primo” do transmissor da dengue, Zika e chikungunya, o Aedes albopictus. “E onde vive o albopictus pode muito bem viver o aegypti”, alerta. Ela reforça que o município já trabalho no controle do mosquito através de armadilhas em pontos estratégicos e ciclo de visitas em residências. O Dia D é mais uma atividade de prevenção. “A ideia é conversar com a população que estiver passando a pé. Quem passar de carro a gente vai fazer uma espécie de pedágio para entregar lixeirinha com folders”, destaca.

Sobre a raiva, a fiscal salienta que ela é uma doença que não tem cura e mata humanos e animais. Porém, como explica Thuani, seu controle é mais fácil. “É só vacinar anualmente o seu rebanho, suínos equinos e, principalmente, cachorros e gatos, por estarem mais próximos do homem”, afirma. Sobre o combate ao mosquito, ela lembra que o melhor meio é não deixando água parada. “Acho que vamos ter um bom resultado de prevenção de duas doenças que estamos sempre de olho”, comenta.

Deixe seu comentário