Representando quase a metade das vendas de produtos brasileiros ao exterior, o agronegócio apresentou saldo comercial positivo em setembro. No mês, o setor registrou um superávit de US$ 7,41 bilhões, diante de um aumento de 23,7% nas suas exportações na comparação com o mesmo período do ano passado. Esse resultado consta da balança comercial do agronegócio, divulgada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O crescimento das exportações foi ocasionado por maiores embarques de complexo soja (grãos, farelo e óleo), cereais, produtos florestais, fibras e produtos têxteis e carnes. No total, foram exportados US$ 6,76 bilhões desses produtos, o que representa uma participação de 79% das exportações totais do agronegócio.

Compradores
No mês, a Ásia continuou como o principal destino das exportações agropecuárias brasileiras, comprando um total de US$ 3,83 bilhões do setor brasileiro. Foi registrado um aumento de 40,6% nas exportações para a região como resultado do aumento das vendas de soja em grãos para a região.

Entre os países asiáticos, a China foi a que importou mais: US$ 1,86 bilhão em função da compra de US$ 1,31 bilhão apenas de soja

Deixe seu comentário