Volante Michel é uma das novidades do Grêmio em relação ao time da semifinal do ano passado Foto: Lucas Uebel / divulgação Grêmio

Copa do Brasil. Tricolor conta com o apoio da torcida no jogo de ida da semi

Maior campeão da Copa do Brasil, o Grêmio está a 180 minutos, ou dois jogos, de mais uma final do torneio. Em busca do sexto título na competição, o tricolor encara o Cruzeiro nesta quarta-feira, às 21h45min, na Arena, pelo jogo de ida das semifinais da Copa. Adversário gremista na mesma fase do ano passado, quando o time gaúcho levantou a taça, o Cruzeiro é o segundo maior campeão do torneio com quatro títulos e busca igualar o Grêmio em conquistas nesta edição.

Com a base do pentacampeonato mantida, o Grêmio busca uma vitória sem sofrer gols esta noite para encaminhar vaga na decisão. A campanha deste ano no torneio enche o torcedor de confiança. Até agora, o tricolor disputou quatro partidas, conquistou quatro vitórias, marcou 12 gols (média de três por jogo) e sofreu apenas três, deixando Fluminense e Atlético-PR pelo meio do caminho. Por estar participando da Libertadores, o clube gaúcho ingressou na Copa do Brasil apenas nas oitavas de final.

Em 2016, o tricolor abriu as semifinais contra o Cruzeiro no Mineirão. A equipe treinada por Renato Portaluppi venceu em Minas e apenas administrou a vantagem em Porto Alegre. Desta vez, o primeiro duelo será na Arena, que deve receber cerca de 50 mil torcedores nesta quarta-feira. A partida de volta acontece na próxima quarta-feira, em Belo Horizonte.

Para o confronto desta noite, o técnico gremista não terá o volante Maicon. Titular contra o Godoy Cruz na última semana, o jogador sentiu um problema no tendão de Aquiles do pé esquerdo e ficou fora da lista de relacionados. Por outro lado, o experiente lateral-direito Léo Moura treinou normalmente neste início de semana e está apto para encarar o Cruzeiro. Como de praxe, Renato fez mistério e não adiantou quem será o titular na lateral, já que Edílson também está à disposição.

O comandante tricolor não confirmou, mas a tendência é que o Grêmio entre em campo hoje à noite com Marcelo Grohe; Edílson (Léo Moura), Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur, Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Barrios.

Tratando o duelo como uma “revanche” devido à eliminação na semifinal do ano passado, o Cruzeiro aposta no meia Thiago Neves para levar um bom resultado para Minas Gerais. O jogador é o grande destaque da equipe neste Brasileirão e está confirmado para o duelo desta quarta-feira. O principal desfalque fica por conta de Sassá, atacante que já atuou pelo Botafogo na Copa do Brasil.

Assim, o Cruzeiro deve ter Fábio; Lucas Romero, Murilo, Léo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Silva, Robinho, Thiago Neves e Alisson; Rafael Sóbis.

Matheus espera que Grêmio encaminhe classificação hoje

Tricolores esperam encaminhar vaga hoje
Entusiasmada com o desempenho do time nesta temporada, a torcida do Grêmio confia na classificação da equipe para mais uma decisão de Copa do Brasil. Para isso, os gremistas esperam que a vaga seja encaminhada neste jogo de ida com uma boa vitória. “Estou na expectativa de que o Grêmio faça um bom jogo na Arena para levar uma vantagem boa para o jogo de volta”, acredita o jovem Matheus Ferreira, 20 anos.

Apesar de confiante, Matheus mantém os pés no chão, pois entende que o adversário evoluiu muito em relação ao ano passado. “O Cruzeiro é uma equipe tradicional, que sabe jogar a Copa do Brasil. O Grêmio continua com o mesmo futebol de 2016, com o toque de bola envolvente e ainda mais entrosado. Já o adversário está mais reforçado, agora conta com Thiago Neves, que é um grande jogador. Como eles foram eliminados ano passado, creio que dessa vez vão vir com mais vontade ainda”, diz.

Ulisses está confiante, mas alerta para qualidades do Cruzeiro

Classificando o duelo como uma final antecipada, o gremista Ulisses Rafael Oliveira considera uma vitória hoje essencial para a classificação. “O Cruzeiro foi a equipe que mais deu trabalho para o Grêmio até agora no Brasileirão. É um time que marca muitos gols fora de casa. Penso que é a final antecipada. É muito importante vencer e, se possível, não tomar gol, pois o time do Cruzeiro é muito perigoso”, analisa.

Sobre a dúvida de Renato Portaluppi na lateral-direita, Ulisses optaria pela experiência de Léo Moura. “Ele tem o passe mais qualificado, a saída de bola mais rápida, troca de posição. Hoje, com Edilson, o Grêmio tem somente a bola parada a seu favor”, completa o torcedor.

Deixe seu comentário