Estamos na última semana do ano, para alguns já tempo de curtir férias e um descanso; para outros, tempo de ajustes e encaminhamentos para 2018, mas também tempo que a Igreja nos faz, a partir da fé, voltarmos nosso olhar para o presépio de Belém. Ali nasceu a esperança dos homens. A paz almejada dos céus veio nos visitar e, por isso, nos enche de uma profunda alegria.
Neste último domingo do ano e no primeiro dia do próximo, a liturgia nos reserva duas belíssimas celebrações. A primeira, a festa da “Sagrada Família”, que iremos celebrar durante o fim de semana. A outra, dia 1º, a solenidade da “Mãe de Deus”. Nestas duas, dentro do espírito natalino, fazemos memória de que Jesus, o menino Deus, verdadeiramente se tornou humano, entrando na história e na vida das pessoas de boa vontade.
Com a festa da Sagrada Família, somos convidados a perceber que Deus não quis nascer como anjo, mas passar pelo ambiente e a realidade familiar, dando assim uma dignidade singular à mesma, como realidade amada e escolhida por Deus. Esta festa nos faz rever a importância de estarmos em família, em comunhão com os irmãos, seja ela sanguínea ou simplesmente pela fé.
Dia primeiro de janeiro, comumente lembramos o “dia universal da paz”, mas esquecemos que a solenidade reservada pela Igreja é a da Mãe de Deus. Isto para dar um enfoque especial para Maria neste dia? Não, para ressaltar que o menino Jesus, o “pobrezinho” de Belém, é verdadeiramente humano, mas é verdadeiramente Deus, logo, Maria, sua mãe, é chamada de “Mãe de Deus”.
Podemos sim dizer que é o dia da paz, pois veio ao mundo Aquele que é o príncipe da paz e, tão somente com Ele, poderemos construí-la e torná-la realidade nos diferentes ambientes que viveremos o ano que está por nascer.
Desse modo, queremos acolher, com Maria e José, a graça do céu. Abrir as casas e corações ao Deus que pede um pequeno espaço, não mais uma hospedaria, mas um coração generoso, para que, através deste, o seu plano de amor se torne vida na vida de cada um de nós e de nosso irmãos.
Desejamos a todos um ano novo de vida nova. Procuremos deixar para trás mágoas, rancores, e iniciemos 2018 abertos a vivermos na graça do Senhor, amém!
Pe. Ricardo Nienov – Pároco

Programação:
28/12 – 19h – missa na associação do bairro Municipal
29/12 – 16h – missa na Casa de Amparo “Mão de Deus”
20h – missa na comunidade N. Sra. Aparecida – Muda Boi
30/12 – 17h – missa na comunidade São Pedro – Potreiro Grande
19h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
31/12 – 8h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
10h – missa na comunidade Santo Antônio – Aeroclube
19h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
01/01 – 19h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
03/01 – 19h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – Timbaúva
INSCRIÇÕES DA CATEQUESE 1ª EUCARISTIA – estão abertas as inscrições para a catequese de 1ª eucaristia. Vejamos os detalhes:
Pré-inscrição – sábados pela manhã na secretaria paroquial com os pais ou responsável
Idade – a criança deverá completar 10 anos em 2018
Término da inscrição – 31 de março de 2018

Deixe seu comentário