Iniciamos um novo tempo. Renovam-se as esperanças. Tudo torna-se novo para a Igreja. Com esse espírito, iniciaremos neste fim de semana o “Tempo de Advento”, período no qual clamamos como povo de Deus: “Vem, Senhor Jesus”.
Nestas quatro semanas, somos convidados a perceber o real sentido da história humana, o qual encontra sua plenitude no fim dos tempos, na vinda definitiva do Senhor. Até o dia 17 de dezembro, a liturgia estará impregnada do espírito da segunda vinda, para a qual caminhamos na atitude permanente de vigilância, conversão e alegria, ou seja, não é uma expectativa passiva, sem atitude e sem intensidade, mas é na atividade constante que o cristão se prepara para esperar o Senhor, que vem com a salvação na mão.
Mergulhados no mundo do consumo, invariavelmente somos tentados a esquecer dessa dimensão da história. Além disso, esquecemos que o advento ainda não é o Natal, mas é sua preparação. Desse modo, não podemos confundir os tempos e, sim, vivê-los cada qual com sua particularidade. Advento é espera. Natal é acontecimento. Isto significa que não devemos antecipar as coisas, mas deixar os símbolos natalinos para o dia 24, quando cantaremos o “Noite Feliz”, noite em que o mundo foi iluminado pela luz do alto.
Sabemos que o senhor já veio uma primeira vez. Por isso, vivemos uma feliz espera. Esta mesma deve ser marcada pela esperança, pois o cristão, aquele que acolhe a Jesus em sua casa, a humilde residência humana que é o coração, sempre consegue enxergar os vários sinais de vida que acontecem no cotidiano da história. Para isso, é preciso vigiar, estar em sintonia com Deus, a fim de que a mundanidade não ocupe o lugar do Senhor, isto é, apenas sinais exteriores, sem fundamento, sem raiz cristã e de fé, os quais esvaziam sempre mais o real sentido desta festividade.
Portanto, vivamos este belíssimo tempo. Advento, espera do Rei que chega. Vem até nós com a salvação na mão, como oferta de amor e de misericórdia para com a humanidade. O grande grito e clamor do povo de Deus para estes dias: “Vem Senhor”.
“Eis o tempo em que o Espírito ora em nós: vem Jesus, vem Jesus”.
Pe. Ricardo Nienov – Pároco

PROGRAMAÇÃO:
01/12 – 16h – encontro do AO
17h – adoração ao santíssimo
18h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo – 1ª sexta do mês
02/12 – 14h – formação com o Pe. Eduardo Haas – “Ressurreição ou reencarnação”
15h30 – missa na comunidade Três Santos Mártires – Passo da Amora
16h30 – encontro do CLJ
17h – missa na comunidade São Pedro – Potreiro Grande
19h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo c/ Pe. Eduardo Haas
03/12 – 8h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo c/ Pe. Eduardo Haas
10h – missa na comunidade Santo Antônio – Aeroclube
10h – missa na comunidade N. Sra. da Glória – Germano Henke
19h – missa na comunidade São Pedro e São Paulo
04/12 – 18h30 – preparação da liturgia do fim de semana – 2º domingo do advento
05/12 – 15h – encontro das zeladoras de capelinhas
19h – missa na comunidade Sagrado Coração de Jesus – Tanac
06/12 – 19h30 – missa na comunidade São Pedro e São Paulo

INSCRIÇÕES DA CATEQUESE 1ª EUCARISTIA – estão abertas as inscrições para a catequese de 1ª Eucaristia. Vejamos os detalhes:
Pré-inscrição – sábados pela manhã, na secretaria paroquial, com os pais ou responsáveis
Idade – a criança deverá completar 10 anos em 2018

Deixe seu comentário