Em recente entrevista à TV local, foi tratada, juntamente com uma professora de violino, da importância dos experimentos tanto tecnológicos quanto a iniciação musical em crianças.
São indiscutíveis os benefícios da internet, celulares, games, perfil social, salas de bate-papo que as crianças e jovens utilizam. Estas conquistas vieram para ficar e a evolução chega a níveis inimagináveis.
As informações imediatas, a comunicação, ouvir música, assistir vídeos, filmes, o uso de whatsapp tanto para mensagem, telefone e vídeo são atrativos importantes, mas também temos que considerar os riscos.
Importante é definir um acordo com os filhos, valorizar o acesso a esse meio de comunicação, contudo, mostrar que toda liberdade tem que ser com responsabilidade. Daí ser fundamental os pais acompanharem os acessos online dos menores e o tempo de uso desta tecnologia.
Os pais são responsáveis, inclusive judicialmente, do que este jovem compartilhar nos meios de comunicação online. Sabemos que a internet não guarda segredos, muitas vezes, sem intenção explícita, os jovens são colocados em exposição à bulling virtual.
Da mesma forma, orientar os filhos quando alguém lhe causa desconforto e desconfiança de algum internata mal intencionado. Desenvolver a intimidade e confiança com outros usuários mal intencionados pode levar a perigo de predadores, que tiram proveito do anonimato.
Portanto, a internet pode ser um instrumento de informação e conhecimento, se bem utilizado. Neste ponto, os pais podem orientar os filhos em baixar aplicativos interativos, games próprios para a idade. Cabe aos responsáveis o controle pelo que os filhos acessam.
Fundamental que os pais ofereçam outras oportunidades: lutas marciais, esporte, musicalização e outros. É provado que desde a mais tenra idade, a música é fundamental no desenvolvimento da criança. Ela é um processo de construção de conhecimento, favorecendo a sensibilidade, criatividade, ritmo. O prazer em ouvir música, a imaginação, a memória e a socialização são alguns dos benefícios que a música proporciona às crianças.
Crianças que tem acesso à musicalização antes dos cinco anos desenvolvem a área frontal do cérebro, que é responsável pelo conhecimento lógico e abstrato.

Deixe seu comentário