Há quatro décadas e meia, os montenegrinos contam com a Fundarte. A fundação mantida desde 1973 pela Prefeitura de Montenegro é parte da razão para que os cidadãos dessa terra se orgulhem de morar na Cidade das Artes. E devemos mesmo nos orgulhar. A Fundação Municipal de Artes forma artistas em diversas áreas. E, mais do que isso, colabora no crescimento das pessoas e na formação de cidadãos.

A arte, às vezes, fica esquecida frente às necessidades crescentes da população. Alguns até criticam o investimento público nesta área. Provavelmente, não sabem que mais da metade dos 1.066 alunos atuais da Fundarte estudam de forma totalmente gratuita. Outros ainda têm isenção parcial.

Mas será que é mesmo importante valorizar música, canto ou dança quando temos tantas necessidades básicas? Quando a saúde ou a segurança demandam maiores investimentos? Sim, é fundamental. E não podemos deixá-la de lado. Porque a arte faz parte da nossa história, ela liberta, abre portas e torna as pessoas mais sensíveis, suscetíveis a novas ideias, melhores enfim.

Vale lembrar que a Fundarte não é importante apenas a quem é ou foi seu aluno. Ela tem imenso valor para a comunidade em geral, que pode consumir arte devido a sua presença na cidade. Especificamente as pessoas de menor poder aquisitivo, que não têm condições para pagar a entrada em uma exposição, peça teatral ou espetáculo de dança têm acesso a tudo isso com entrada franca ou valores reduzidos. Por seu trabalho social, importância artística e representatividade, a Fundarte merece os nossos aplausos.

Deixe seu comentário