A próxima edição do Ibiá que baterá na porta do leitor terá uma pequena mudança na capa. Quase imperceptível, o 7 do ano mudará para um 8. A troca oficial de 2017 para 2018 acontece na virada de domingo para segunda-feira e deixará para trás um ano de tragédias, mas também de momentos de extrema alegria. Nesta edição, elencamos quase 60 fatos que marcaram o ano que está no fim, mas também é hora de olhar adiante. É preciso parar de perguntar “o que você fez?” para pensar no futuro.
2018 tem tudo para ser um grande ano. Aos amantes do futebol, a Seleção promete fazer bonito e tem chances de levantar mais uma vez a taça da Copa do Mundo, que será disputada na Rússia. Aos preocupados com o futuro da nação, as eleições para presidente, governador, senador e deputado federal e estadual prometem um prato cheio e uma chance de mudança real na política. Isso sem falar nas surpresas que o destino sempre reserva.
Mais do que isso, um novo ano sempre é oportunidade de recomeçar e de se reinventar. Isso não precisa acontecer exatamente após o ponteiro do relógio marcar as 00h01min de 1º de janeiro de 2018, com as resoluções de Ano Novo. As chances de recomeçar e se reinventar aparecerão ao longo do ano como novas alegrias, novas decepções e novas dificuldades para enfrentar. Todas elas oportunidades de evoluir.
Então, que 2018 seja bem-vindo e que seja mais um ano durante o qual possamos crescer como seres humanos e também como sociedade. Que possamos, daqui a 365 dias, olhar para a retrospectiva e nos orgulhar de todo o aprendizado que tivemos, assim como acontece com esse final de 2017.

Deixe seu comentário