Um belo dia, nos olhamos no espelho e percebemos que o tempo passou, que as marcas deste tempo estão em nós. Claro, podemos recorrer a uma cirurgia plástica, que até pode esconder ou disfarçar essas marcas no nosso exterior, porque as interiores sempre ali estarão, visíveis e vivas, nos lembrando, nos alegrando com coisas boas e, muitas vezes, até nos atormentando.
Sabemos que a caminhada até aqui foi longa. Tantas coisas deixamos de fazer, a maioria por medo, outras vamos protelando. Mas sabemos que, a partir de agora, ainda temos muito a realizar. Estamos mais sábios, a sabedoria vem com o tempo, com a vida. Erramos em algumas situações, acertamos em outras. E choramos, fomos vivendo, sobrevivendo através do tempo. E continuamos, ainda continuaremos. Olhamos para a vida e para o mundo, agora, com olhos experientes, sabemos o que queremos. Arriscamos menos. Temos agora a certeza de que há um tempo certo para tudo nesta vida. Há o dia, há a noite, o nascimento, o crescimento e a morte. E é essa  a nos rondar. Já temos a plena consciência do nosso destino. Podemos agora procurar seguir o caminho correto. Temos o conhecimento de nós mesmos, como pessoa, nossa razão agora prevalece sobre nossas emoções. Às vezes, as emoções ainda prevalecem, somos humanos, errar é humano…
Agora temos a certeza de que paixão não é amor, que o passado vai ficando para trás, que o mais importante é o agora, o presente que vivemos, que é a base do futuro. O passado nos construiu, ele foi importante, vivemos ele em todas as suas formas de conjugação. Vivi, viveria, vivera. Não devemos viver querendo voltar ao passado. Ele já foi, já se perdeu no tempo. Ele é apenas lembrança.
Coloque uma das mãos em seu peito e sinta. Seu coração ainda bate, você está vivo. Olhe para fora, para o mundo, para o sol, para as estrelas, tenha a certeza de que o hoje será, em breve, o ontem. O amanhã chegará como sendo o agora. Não será mais futuro e sim o dia que estaremos vivendo. A caminhada pela vida continua….

Deixe seu comentário