Um dos bens mais valiosos, só perdendo para a água potável, em nossa civilização, neste planeta, é o petróleo. Países com enormes reservas e extração são realmente ricos e suas populações, na maioria, possuem alta qualidade de vida. Esse bem tem o poder de desequilibrar a balança comercial mundial, provocar conflitos e a cobiça das nações. Há muito, a humanidade depende dele para tudo, seja como matéria-prima ou energia. Com ele, produzimos uma infinidade de coisas indispensáveis para nossa sobrevivência e conforto. O homem pode até encontrar outras formas de energia mais honradas que o petróleo. Mas uma coisa que é essencial em nossas vidas, e dela dependemos, é o plástico. Podemos encontrar soluções energéticas, mas não para o plástico, tão necessário.
O Brasil, com muito esforço de seus engenheiros e técnicos e tecnologia de ponta da nossa Petrobras, descobriu em sua costa uma enorme reserva abaixo da camada de sal, o pré-sal. Esse óleo de alta qualidade e de difícil prospecção e extração exige enorme esforço e investimentos. Houve muita euforia por parte dos estados, municípios e do povo brasileiro com essa enorme riqueza. O governo sabiamente decidiu investir uma grande parte na educação. Lembramos com orgulho o tempo de Getúlio Vargas e seu nobre lema: O Petróleo é Nosso…
A ambição por nossa fonte de petróleo  até levou outros países a espionarem o governo e a Petrobras. Agora, o boverno tomou a decisão de leiloar a maior fonte futura de petróleo: Libra, na bacia de Santos, com a participação de companhias estrangeiras. Para nós, ficam apenas 30 % dos lucros. O resto irá “enricar” empresas que, com certeza, levarão a maior parte dos lucros para seus países, aumentando suas divisas. Grande parte do trabalho e esforço a nossa empresa nacional e nossos trabalhadores já fizeram. Agora é só extrair a nossa riqueza. O governo teve que agir assim, pois tem suas contas para pagar, o rombo causado por políticos desonestos.
Fazer o quê? A nós, brasileiros, só resta lamentar e ver nossa riqueza, mais uma vez, beneficiar outras nações. Foi assim no Brasil colônia e a sina continua. O Petróleo é nosso, o lucro é deles… Tivemos agora a greve dos caminhoneiros motivada pelo preço do diesel. O preço da gasolina está um absurdo e continua subindo. Há pouco tempo, fomos iludidos, acreditamos no pré- sal como a riqueza que nos deixaria economicamente mais fortes e com preços justos nos postos de combustíveis. A conta da roubalheira na Petrobrás foi repassada para todos nós.

Deixe seu comentário