Homens e mulheres, dois opostos que se atraem e precisam, a todo momento, aprender a conviverem em harmonia para a felicidade e o bem de ambos. Eles, quando se reúnem em grupinhos, falam de carros, futebol, carreiras, de conquistas e, sobretudo, delas, é claro. Com uma conotação sexual, uma vitória, uma afirmação de macho, de poder. Querem ser ali vistos e admirados como o mais viril. Elas, ao contrário, falam e discutem suas relações, a casa, a família, os filhos, e cada vez mais seus trabalhos e as conquistas de seus sonhos e objetivos.

Ambos os sexos têm suas qualidades e defeitos. Nenhum ser humano chegou à perfeição e estes dois gêneros, cada vez mais, disputam os espaços no trabalho, na vida e a mulher leva vantagens. Ela é mais sensível, inteligente, sua visão é mais apurada. O homem ainda pensa que é o mais forte, o líder, e acaba, quase sempre, se dando mal. A mulher, há muito tempo, já conquistou seu espaço na sociedade, não precisa mais deles, só para a procriação. O resto dá conta — e como dá! São guerreiras, decididas e capazes. Em muitas profissões, que antigamente eram só masculinas, hoje elas lá estão. E muitas vezes, sendo mais eficazes e efetivas que eles.

Hoje, isso mudou. Acontece o contrário de antigamente, quando o casamento era algo que tinha que ser eterno e a mulher tinha que se manter no papel de mãe, dona de casa e na submissão deles. Hoje, se não estão felizes com a relação, partem para outra ou tocam suas vidas sozinhas e felizes. A mulher não é mais passiva, objeto de prazer do homem. Agora ela quer prazer, ser tratada como parceira, em pé de igualdade. Os tempos mudaram e a mente e a posição delas, também.

Alguns homens mais inteligentes e igualitários aceitam esta nova posição social delas numa boa, as completando, dividindo a vida a dois com respeito e admiração. Outros precisam rever suas concepções a respeito. Elas não são nossas concorrentes nas coisas da vida e sim companheiras, pois delas necessitamos, para nos sentirmos e sermos homens de verdade. Para ser homem de uma mulher, e fazê-la feliz, além de tratá-la com igualdade e respeito, é preciso ser macho e viril…

Deixe seu comentário