Pode haver alegria maior para um pai, do que a de ter um bom filho? E para um filho, pode haver alegria maior do que a de ter um bom pai?
João 1.10–13: A Palavra estava no mundo, e por meio dela Deus fez o mundo, mas o mundo não a conheceu. Aquele que é a Palavra veio para o seu próprio país, mas o seu povo não o recebeu. Porém alguns creram nele e o receberam, e a estes ele deu o direito de se tornarem filhos de Deus. Eles não se tornaram filhos de Deus pelos meios naturais, isto é, não nasceram como nascem os filhos de um pai humano; o próprio Deus é quem foi o Pai deles.
Estamos constantemente buscando a resposta para tanta falta de amor, de honestidade, de fidelidade, e principalmente a falta de união na humanidade. Diariamente somos apresentados às notícias de violências, sejam elas: doméstica, no trânsito, no trabalho, na escola ou faculdade. A roubalheira na política já não nos impressiona mais, tanto que já estamos acostumados a ver as malas cheias de dinheiro roubadas do povo.
Diante dessas situações sempre temos pensado e dito que a culpa de tudo isso é dos políticos, das autoridades, que não cumprem a sua função de defender e promover a vida, a educação, a saúde e a paz. No entanto nunca nos colocamos na posição de responsáveis pelo mundo em que vivemos, não nos colocamos como autores dessa obra. Mas a responsabilidade por tudo que acontece no mundo é do ser humano, é nossa. Todas as vezes que omitimos e negligenciamos a oportunidade e ajudar alguém, todas as vezes que não nos envolvemos, nos engajamos, mostrando nossos valores, nossa fidelidade, nosso amor, nossa honestidade. Nos fechamos em nossos muros, em nossas cercas e lavamos nossas mãos.
Deus nos deu esse presente, de sermos os protagonistas, de “dominarmos”, de cuidarmos de todas as outras criaturas, com isso muitas vezes nos perdemos no nosso ego e pensamos ser mais importantes que o resto da criação, e o pior, pensamos ser mais importantes que as pessoas que nos cercam. Deus nosso pai, nos deu o presente da vida e nos ajuda em tudo o que pedimos com fé é correto diante dos olhos dele, ele é o “bom pai”, e espera de nós as ações de um “bom filho”. Só assim teremos a alegria perfeita em Deus, nosso Pai.

Thiago Pagung Lauvers –
Estudante de Teologia

Avisos da Semana
– Dia 28/01, 9 horas, Culto com oração pelas famílias enlutadas e Benção pela Saúde
– Estão abertas as inscrições do Ensino Confirmatório do 1° Ano, para nascidos em 2006. Para a inscrição,os pais ou responsáveis, devem trazer até a secretaria da Comunidade a Certidão de Batismo.

Deixe seu comentário