O Carnaval está aí, por isso vim dar algumas dicas de fantasias que podemos usar durante a folia. Pega o teu abadá e vem! Porém, apesar do título, esse não é um texto sobre moda.

Você pode se vestir de manifestante seletivo. É super simples, basta desconsiderar todas as trapalhadas do atual governo, fingir que não vê. Afinal de contas, pelo menos não está no poder aquele partido que você odeia, né?

Outra opção super na moda é a roupa do “não-racista”. Qualquer um pode preparar essa fantasia em casa, queridos. Você só precisa fazer de conta que isso não existe no Brasil. Basta esquecer que pouquíssimos negros ocupam cargos de chefia, ainda são maioria nas favelas e sofrem discriminação em todos os setores da sociedade.

Para você que está com pouco tempo, mas não quer fazer feio na avenida, pode apelar para a fantasia do “não-machista”. Não tem erro. Comece esquecendo os milhares de casos de agressão e mortes registrados diariamente contra mulheres. Ignore também o fato de que elas ainda recebem salários menores, mesmo exercendo a mesma função. E, claro, continue achando normal ser um escroto na rua, distribuindo xingamentos em forma de cantadas.

Quem quer arrasar nos blocos pode ainda se vestir de “não-homofóbico”. Essa tem saído muito bem e você pode abusar no gliter. O primeiro passo é achar normal perpetuar piadinhas homofóbicas a todo instante. Afinal de contas, quem não faz, né? Deixe para lá também os assassinatos cometidos contra homossexuais todos os dias. E esqueça, por um segundo, aquele primo que todos odeiam em função da opção sexual. Vale até abraçar o coleguinha que você debochou a vida inteira por ter um jeito mais delicado.

Outra tendência neste Carnaval é a de bancada evangélica. Essa vai bombar. É só seguir achando que sua religião é a única redentora, correta e que todos os outros queimarão no fogo do Inferno. Basta disseminar conservadorismo e, muito importante, discriminar religiões de origem afro. Não esqueça de misturar bastante Igreja e Estado, isso é fundamental para arrasar.
Agora, família brasileira, é só cair na folia. Uma festa para todos os homens de bem.

Deixe seu comentário