A fofoca: mãe da ficção e da sociedade

Ninguém sabe como o ser humano despertou para a linguagem. A chamada revolução cognitiva ocorreu entre 70 e...

Para viver um grande amor

Nada mais raro que um grande amor. Se ele bater à sua porta, largue tudo que você estiver...

Eu voto sim, senhor presidente!

– Senhor deputado, como o senhor vota. A favor ou contra a transformação do Brasil num cassino? – Senhor...

As que escolhem os que vão morrer

As Valquírias, virgens guerreiras de Odin, eram as mensageiras da morte do deus nórdico. Li que seu nome...

Crônica para depois do ódio*

Pare! Não leia esta crônica agora. Espere para lê-la depois do ódio. Depois do ódio, quando retornar a fantasia,...

Notícias de maio de 1958

Segundo o boletim do tempo do jornal Correio da Manhã do Rio de Janeiro, 4 de maio de...

É preciso conhecer o coração humano

Tenho uma relíquia literária. Uma edição de 1966 do livro “Agonia e êxtase” de Irving Stone. Foi ali...

Educar para sobreviver

Lá atrás, bem lá atrás, quando deixamos de ser quadrúpedes e passamos a andar eretos, isso teve preços....

Pão e circo

Não, não, não! A gente não quer só comida. A gente quer comida, diversão e arte, como ensinam...

Aos professores de História

A gente pode até dizer, e com alguma (pouca) razão: química não é História. Física não é História....

Caos e borboletas

A Bíblia diz que viemos do pó e ao pó voltaremos. Muito mais bonito e provável é que...

A república dos rufiões

No ano de 552, dois monges bizantinos retornaram da China para Constantinopla com seus cajados ocos, dentro dos...

Últimas notícias

Cadernos

Por que dançar ajuda no trabalho de parto?

No sábado de Carnaval, 10, a cantora Ivete Sangalo deu à luz suas filhas gêmeas, Marina e Helena....
  • Entrar / Cadastrar