Os primeiros cadáveres

Quando os mongóis sitiaram Kaffa, em 1346, e colocaram seus mortos nas catapultas e os jogaram contra as...

Crônica para um adeus

Fazia quase uma hora que ela olhava para o telefone. Depois de duas taças, desligou o rádio e...

Pela luz dos olhos teus

Tu viste? As coisas, enfim, nunca ficam como estão. E que bom isso, né? Quando Heinrich Herz demonstrou...

Adeus aos cemitérios

Que geração privilegiada esta nossa, nascida nos anos 1950/1960! Quantos fatos nós estamos vendo e vivendo que o...

Carta ao Pedro

Meu caro Pedro Não sou de reclamar, como sabes. Nossa parceria nasceu conosco. Tenho estado contigo em todos os...

No princípio, era o fogo

No princípio, era o fogo. Não o verbo, como está escrito. O calor e sua antítese: o frio....

Declaração de amor

Nestes tempos difíceis, em que o retorno a um passado sórdido, infame, bruto e desumano tem sido aventado...

A vida é um sussurro

Passou pela minha cabeça que muito da vida falando comigo já não ouvi, ouvindo o que os outros...

Nunca é o bastante

Tu nasce. Vai crescendo. Torna-te uma criança saudável, brincalhona. O mundo vai te chamando pra briga e tu...

O destino não presta

Então tem um dia que as coisas se decidem. Não decorrem de fatos simplesmente aleatórios. Se bem que...

O livro dos abandonos

Em 1712, um obscuro escritor alemão de origem judaica, Alouysius Singer, publicou em Berlim “O livro dos abandonos”,...

Idolatria, tietagem e fascínio

Vivemos tempos polarizados. Polarização sempre houve. Mas quando messiânica e irracional, baseada em mitos, a sociedade se divide...

Últimas notícias

Cadernos

Cobertura vacinal cai e deixa população em risco

O Programa Nacional de Imunizações (PNI) brasileiro é considerado uma referência em política pública de saúde. Representa a...
  • Entrar / Cadastrar