Crédito: reprodução internet

A palavra quaresma, em geral, remete ao “Tempo da Quaresma”, o período do ano litúrgico que antecede a Páscoa cristã, celebrado por algumas igrejas cristãs, dentre as quais estão a Católica e a Luterana. Mas quaresma também é o nome de uma fruta. Esse alimento tem, inclusive, muitos nomes pelo Brasil. É chamado de fruta-ata, pinha, anona, fruta do conde, pinheira e ateira. Se você nunca provou, experimente. É um fruto doce e com vários benefícios nutricionais.

A quaresma pode ser utilizada para fazer chá, suco, para consumir ao natural, assada ou cozida.

Há quem a denomine como a fruta da cura e da juventude. A explicação está no fato que várias partes oferecem benefícios. A fruta madura, por exemplo, pode apoiar no tratamento contra fraqueza, anemia e desnutrição. Já o chá da casca do tronco fortifica o estômago e o intestino.

É fonte de vitaminas do complexo B, combate a prisão de ventre e ajuda a regular o intestino.

Cada 100 gramas da poupa tem 69 calorias, 2,8g de proteína e 2,4g de fibra.

Por ter muita fibra, zero de gordura e baixo índice calórico, essa fruta é considerada capaz de auxiliar no emagrecimento. As fibras diminuem o apetite.

Deixe seu comentário