Usina de Itaipu incorporou mais 20 ZOE à sua frota de veículos elétricos. Crédito: Renault/Divulgação

Vinte veículos elétricos ZOE da Renault agora fazem parte da frota da usina hidrelétrica Itaipu Binacional. Com o acréscimo dessas unidades, que têm autonomia de 400 quilômetros, a frota da empresa passa a contar com cerca de 100 veículos elétricos usados para diferentes finalidades — a exemplo do Renault Twizy, utilizado em um programa interno de compartilhamento de veículos.

Apresentado em 2016, durante o Salão do Automóvel de Paris, a nova versão do Renault ZOE apresenta uma grande revolução com a bateria Z.E. 40, que proporciona uma autonomia duas vezes maior que a da primeira versão do veículo, lançado em 2012. Esta é a maior autonomia oferecida por um veículo elétrico fabricado em larga escala, traduzida, na prática, em mais liberdade ao condutor, facilitando os trajetos feitos normalmente no dia a dia, bem como aqueles mais longos.

Conforme o fabricante, o ZOE é um veículo ágil, fácil de manobrar e agradável ao dirigir graças a um chassi adaptado às especificidades elétricas e ao trabalho realizado no ajuste da direção, pneus e amortecedores. Em uma fração de segundo, o motor elétrico R90 entrega um torque máximo de 225 Nm, permitindo acelerações e retomadas ágeis mesmo em baixa rotação. A aceleração vai de 0 a 50 km/h em quatro segundos.

A aceleração é fluida, perfeitamente linear e sem solavancos. É como se o condutor tivesse à disposição o melhor câmbio automático do mercado. Paralelamente, a natureza elétrica do ZOE proporciona uma condução mais tranquila e relaxante, graças, principalmente, à ausência de ruído do motor e vibrações. Na Europa, há versões do ZOE a partir de 27 mil euros.

saiba mais
— O Grupo Renault é líder na comercialização de veículos elétricos na Europa. Em 2016, as vendas de veículos zero emissão da marca aumentaram 11% e, com isso, chegaram a 25,6 mil unidades.

— Desse total, o ZOE corresponde a 21,7 mil emplacamentos e, com isso, tornou-se o veículo de passeio movido a eletricidade mais vendido no velho continente.

— No Brasil, a Renault realiza parcerias para desenvolver projetos ligados à mobilidade zero emissão, com um volume aproximado de 120 veículos elétricos comercializados no país até o final do último ano.

Deixe seu comentário