Modelo mais vendido do País, o Onix tirou três estrelas após nota zero no primeiro semestre do ano passado. foto: Latin NCAP/Divulgação

Das cinco estrelas possíveis no Latin NCAP, o Chevrolet Onix conquistou três, em janeiro. O resultado do carro mais vendido do Brasil é ainda mais importante se for considerado que, no ano passado, o mesmo teste havia resultado em nota zero. Na ocasião, o órgão informou que partes do painel representavam perigo para os joelhos do condutor e do passageiro do banco dianteiro. Também se verificou deficiências na hipótese de colisão lateral, que poderia atingir fortemente a região peitoral dos ocupantes por falta de elementos de absorção de energia nas portas e painéis inferiores.

Nova edição do teste, entretanto, aponta para um bom avanço em proteção a motorista e passageiros. O fabricante divulgou nota em que afirma cumprir integralmente todos os requisitos locais de segurança. “A GM informa que desde a publicação da nova norma da ABNT sobre impactos laterais, em agosto de 2013, trabalha na evolução estrutural do Onix. Os reforços estruturais recentemente implementados no veículo antecipam a entrada em vigor da norma. O resultado do teste realizado pela Latin NCAP, conferindo três estrelas ao modelo, reflete as melhorias incorporadas”, comunica.

A empresa assegura ter um programa para melhoria contínua do produto e de antecipação ao cumprimento de futuras normas de segurança, por isso o carro passou a ser equipado com os sistemas Isofix e Top Tether para fixação de cadeirinhas infantis, a exemplo do que já ocorria com o alerta de não utilização do cinto de segurança e o sistema de monitoramento dos pneus.

Deixe seu comentário