Em todo o país, o Kwid ficou em segundo lugar em vendas no mês de setembro, atrás somente do GM Onix. foto: Renault/Divulgação

O grande destaque do resultado comercial da Renault no mês de setembro foi o emplacamento de 10.359 Kwid. Para a empresa, esse número reflete o cumprimento do compromisso assumido com os clientes que reservaram o seu veículo durante a fase de pré-venda, que ocorreu nos meses de junho, julho e parte de agosto.Com a elevada comercialização do Kwid no mês de setembro, a Renault atingiu uma participação de 10,6% no mercado brasileiro, o que a colocou entre as quatro maiores marcas em volumes de vendas.No acumulado deste ano, a indústria de origem francesa detém 7,8% de participação — ganho de 0,3 ponto percentual em comparação com o mesmo período do ano passado.“Para a Renault, é uma grande satisfação entregar estas unidades do Kwid aos clientes que demonstraram confiança em nossa marca e no nosso produto inovador. Seguimos com o nosso compromisso de entregar no prazo o restante das unidades aos clientes que reservaram o SUV dos compactos na campanha de pré-venda”, afirma Luiz Pedrucci, presidente da R enault do Brasil.Devido ao sucesso junto ao público, as vendas do Kwid continuarão a ser feitas pela internet, com entrega prevista a partir de dezembro deste ano. Em função de tanta procura, a Renault contratou mais colaboradores e iniciou o terceiro turno na fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná.

Deixe seu comentário