Filme “Mulher-Maravilha 2” será o primeiro a adotar a nova política contra o assédio durante as gravações. foto: Reprodução internet

Para a surpresa de muitos, o Sindicato dos Produtores de Hollywood (PGA) anunciou que o filme “Mulher-Maravilha 2” será o primeiro a adotar a nova política contra o assédio durante as gravações. O movimento consiste em uma série de medidas intituladas Diretrizes Anti-Assédio Sexual. O grupo promete oferecer treinamentos e guias sobre leis contra assédio. O objetivo é fazer com que todos os profissionais envolvidos nas filmagens consigam identificar e denunciar práticas de assédio sexual durante as gravações. A intenção é barrar novos casos em Hollywood, como os do produtor Harvey Weinstein e do ator Kevin Spacey, entre outros. ”Mulher-Maravilha 2” contará novamente com Gal Gadot no papel principal e Patty Jenkins na direção. O filme estreia nos cinemas em dezembro de 2019.

Deixe seu comentário