O mês de dezembro, em geral, é marcado pelas festas e pela reflexão. Época de relembrar o que aconteceu durante o ano e pensar no próximo. Segunda-feira será o primeiro dia de 2018 e você já parou um pouquinho para pensar no que vai fazer nos próximos 365 dias?
Estudar, trabalhar e se divertir são os primeiros pensamentos, mas, para alcançar bons resultados, é importante que se tenha planos, metas e objetivos a atingir. Assim, em dezembro de 2018, haverá realizações para relembrar ou então motivos para seguir planejando. O Mais de hoje apresenta os planos de jovens que já estão pensando no futuro.

Kelly Finger, 24: “Todos os anos, planejamos tantas coisas, mas, ao começar o novo ano, nem sempre conseguimos realizá-Los. Então, por isso, esse ano fiz uma coisa simples, que já vi outras pessoas fazendo: pegar uma caderneta e colocar todas as metas. As minhas serão crescer profissionalmente onde trabalho atualmente, fazer meu sonhado curso de fotografia, fazer minha carteira de motorista e, na metade do ano, trazer minha mãe, que está doente, de uma clinica, de volta para casa. Mas, principalmente, viver cada dia. Eu tenho uma amiga que está fazendo isso, anotando na caderneta, e o principal objetivo dela era comprar um carro, e não é que ela conseguiu? Isso porque, toda vez que ela conseguia realizar uma etapa, fazia um certinho do lado, até cumprir todos os objetivos e comprar o carro.”

Manoela Petry, 24: “Meus planos para 2018 envolvem muita determinação e grandes eventos. Depois de sete anos, será o ano da minha formatura na faculdade de Jornalismo. Tenho um TCC pela frente e muito estudo, mas tudo programado para este semestre, inclusive o meu projeto de estudar muito mais do que no curso inteiro. 2018 também vai ser um ano de um passo muito importante na minha vida pessoal: meu casamento, após sete anos de namoro. E do planejamento e organização de uma viagem de kombi pela América Latina, e pretendo fazê-la em 2019. Ou seja, vai ser um ano bem movimentado e cheio de planos em todas as áreas da minha vida, mas que vão valer a pena.”

Felipe Cesar dos Santos, 22: “Minhas metas para 2018 são dobrar as vendas no comercio de minha família, concretizar os próximos projetos de evangelizações, fazer algum curso de Teologia e poder continuar compartilhando o amor de Deus para as pessoas. As pessoas só realizam o que querem quando saem da sua zona de conforto e correm atrás. Creio que assim realizarei minhas metas: correndo atrás do que eu quero.”

Amanda Cruz, 15: Para 2018, pretendo estabelecer um horário diário para o estudo, pois nesse ano eu só estudei pela obrigação das provas e trabalhos. Então, em 2018, eu espero estudar por conta própria. Também quero trocar de celular, porque o meu vem dando alguns problemas. Quero juntar dinheiro para comprar um celular melhor sem ter que pedir para a família. Também quero terminar de ver todos os filmes e séries que estão na minha lista na Netflix, pois tem muitas coisas que eu estou vendo e pretendo terminar logo para poder começar a ver coisas novas e ter mais tempo para outras coisas. Pretendo ser mais paciente também, o que é muito importante para cumprir todos os objetivos.”

Allan Silveira, 24: “Bom… Pretendo começar um curso técnico na área da saúde, seguir buscando minha casa própria, para enfim sair do aluguel, me empenhar nos estudos e buscar sempre fazer o meu melhor para crescer e acrescentar no meu convívio social. No momento, eu procuro meditar muito antes de fazer qualquer coisa, para não acabar me frustrando caso não dê certo. Então eu coloco certas coisas como prioridade. Neste ano, tive experiências únicas em minha vida e, de todas elas, o que vai me incentivar a crer que tudo o que eu almejo vai se realizar é a certeza de que Deus estará comigo em todas as batalhas que este próximo ano vai trazer.”

Deixe seu comentário