Oideal de duas mulheres universitárias que se tornou um negócio de sucesso. O que possivelmente Mara Rúbia Flôres e Maria Luiza Szulczewski, no mais alto dos seus sonhos, não imaginaram é o tamanho que alcançaria o Jornal Ibiá, que chega aos 35 anos de circulação ininterrupta.

Certamente, de alguma forma, a história deste importante veículo será contada nesta edição, porém, não posso deixar de relatar algo que presenciei. Mara Rubia Flôres palestrou na Universidade Luterana do Brasil – Ulbra para uma turma da cadeira de Empreendedorismo. Sorte a minha que estava na plateia. Uma pena que não é possível visualizar a sensação que estou sentindo no momento em que escrevo este artigo e relembro a brilhante palestra.

Um sonho, máquina fotográfica de filme, máquina de escrever e bicicleta: assim nasceu o Jornal Ibiá. Prosseguindo na linha do tempo, Mara foi destacando as mudanças que o jornal atravessou para acompanhar a evolução do mercado. Após quase duas horas de longo bate-papo e interação, eis que Mara Rúbia se retira e, lógico, eu permaneci no local. Fiz esse introito pois, neste dia, compreendi ainda mais o quanto o Jornal Ibiá é importante para o desenvolvimento local e da região. Fiquei atento aos comentários dos universitários que ali estavam e da professora. Foi unânime a sensação: é um exemplo de gestão e de comprometimento com a sociedade.

Dados de institutos de credibilidade trazem que 60% das empresas constituídas fecham as portas até o segundo ano de existência. O Jornal Ibiá chega aos 35 anos acompanhando as modernidades impostas pelo mercado, mantendo a CREDIBILIDADE, IMPARCIALIDADE E INOVAÇÃO. É uma tarefa árdua fazer jornal impresso em meio às novas plataformas de comunicação. Dificilmente encontramos uma cidade com 60 mil habitantes que tenha jornal impresso com circulação diária. Montenegro tem e devemos ter orgulho deste feito.

No Jornal Ibiá, encontramos as notícias que fazem parte do nosso dia a dia. É desta forma que o Jornal Ibiá se apresenta: Dia a Dia ao Seu Lado. Quantas histórias foram contadas através das páginas do jornal. Quantos prefeitos passaram nestes 35 anos! O anúncio da chegada de grandes empresas, como John Deere, Masisa, Polo, a transformação da Frangosul em Doux e depois JBS. A queda de prédios históricos, como o Frigorífico Renner. A prisão da lenda Tarado Mascarado. O impeachment de dois prefeitos. Enfim, poderia citar aqui centenas de notícias positivas e negativas divulgadas.

Sabe qual a receita para manter milhares de páginas impressas até o dia de hoje e trazer todos os fatos e acontecimentos? Credibilidade, Imparcialidade e Inovação. Peço licença, em nome de dois colaboradores deste importante veículo de comunicação – Alexandre Röder e Márcio Reinheimer, possivelmente os funcionários com mais tempo de casa – para parabenizar toda a equipe e direção do Jornal Ibiá. Vida longa, Jornal Ibiá!

Sílvio Kaél
Especialista em Marketing, comentarista e assessor de Comunicação

Deixe seu comentário