O composto orgânico é usado juntamente com os preparados biodinâmicos para adubar as plantas.

O que a agricultura tem a ver com astronomia? Para o agricultor João Jacó Kranz, tudo. O produtor, que desde 1999 pratica a agricultura orgânica, passou a utilizar a biodinâmica como forma de manejo do solo há mais de 10 anos. “Desde 2005 a gente trabalha com energias, pricipalmente energia quântica”, explica. De ale para cá, ele já participou de diversos cursos e foi convidado para apresentar sua forma de produção em outros países. O último foi a Suíça, em outubro de 2016.

Flores, folhas, raízes e cascas são usadas nos preparados biodinâmicos

Além da biodinâmica, Kranz tem uma produção baseada na agrofloresta, sendo uma das únicas propriedades do mundo que une a agrofloresta com o manejo biodinâmico do citros. “A propriedade é um organismo, que consegue ter um equilíbrio entre os seres que estão ali”, explica.

Cerca de 11, dos 22 hectares de terra de João Kranz, produzem citros. Atualmente, ele tem mais de 4.800 pés, com perspectiva de chegar a 5 mil plantas no ano que vem. No meio do pomar tem outras árvores, como banana, abacate e árvores nativas. De acordo com ele, a integração dessas culturas favorece a produção dos citros.

Além da qualidade, o produtor garante que a produção, em questões de quantidade, não reduziu. “Temos áreas que produzem até mais do que quando usávamos insumos químicos”, afirma. “A pessoas acham que o cultivo orgânico abandona a propriedade e não é assim. Só muda o manejo. Tem que ser um bom agricultor para dar resultado”.
Uma das curiosidades de quem visita a propriedade é em relação às pragas. O agricultor afirma que não são problema. “Esse meio ambiente que se criou está tão bem preparado que quando vem um organismo de fora, que é a praga, ela se instala e, depois de um certo tempo, a praga some”. Segundo ele, as plantas cultivadas juntamente com o citros ajudam a aumentar a resistência das frutíferas. “A banana, por exemplo, não foi plantada para produzir banana, mas para ajudar o manejo do citros”. Outro fator destacado é o manejo do capim, por exemplo, que não é totalmente retirado. “Se limpar tudo, o solo fica desprotegido, a chuva causa erosão e leva os nutrientes embora”.

Preparados de plantas e energia

O manejo da produção é baseado no calendário lunar e, com profundo conhecimento de astronomia. Os preparados, utilizados para nutrir as plantas, são produzidos em conjunto pelo grupo de agricultores que trabalham com a biodinâmica na região. São utilizadas flores, folhas, cascas de árvores e raízes, além de partes de animais para curtir o produto. Alguns são preparados no chifre do boi, por exemplo. Há preparos que são enterrados, outros são colocados ao sol durante certo tempo e, quando prontos, são energizados, dinamizados com água ou composto orgânico e, posteriormente, aplicados nas plantas. A aplicação é feita de acordo com o calendário lunar.

O manejo do solo é feito de acordo com o movimento dos astros

“A energia é transformada pelo movimento dos astros. A gente capta essa energia e usa na agricultura. Ela transforma tudo”, explica. Segundo ele, estar em contato permanente com a produção é fundamental. “A gente observa as plantas, vê quando está seco ou quando acontece alguma coisa, e consegue fazer um preparado para ajudar a planta a se recuperar”.

As podas e outras práticas do manejo também são feitas de acordo com o calendário de movimento dos astros. “Qualquer planta tem seiva, como nós temos sangue”, pelo calendário, que muda todo ano de acordo com o movimento dos astros, os produtores observam a melhor época de poda, para que a planta não “sangre”, isto é qie ela não perca seiva.

O que é agricultura biodinâmica?
De acordo com a Associação Brasileira de Biodinâmica, o ponto central da prática é a conclusão de que toda criação acontece a partir das intenções espirituais baseadas na cognição com a natureza. Todos os seres vivos são interligados e formam um organismo capaz de produzir e se renovar.

Não há utilização de fertilizantes químicos, mas preparados naturais que, além do uso dos produtos unicamente naturais, recebem energia do Cosmos e dos membros da família daquela propriedade.

Um dos preceitos de João é manter o solo coberto para evitar a erosão e a perda de nutrientes.

Deixe seu comentário